21 July, 2017, Friday

Morre aos 47 anos o roqueiro Júpiter Maçã

Avalie este item
(0 votos)

O músico Flávio Basso, conhecido como Júpiter Maçã, morreu nesta segunda-feira. O roqueiro que começou carreira no TNT tinha 47 anos. Ele sofreu uma falência múltipla dos órgãos, de acordo com informação passada pelo Instituto Médico Legal à sua produtora.

Em tratamento por conta de uma cirrose e de complicações devido ao uso de drogas, o músico tinha show agendado no Panama Estudio Pub nesta terça-feira. O estabelecimento emitiu uma nota no Facebook. “Comunicamos que o amigo Flávio Basso (Júpiter Maçã) infelizmente nos deixou nessa tarde. Amanhã, ele estaria conosco fazendo uma apresentação aqui no Panama Estúdio Pub. Amanhã vamos estar homenageando esse grande amigo”.

Cantor, compositor, músico e cineasta, Jupiter começou a carreira com o TNT e mais tarde passou para os Cascavelettes. Em 1996, o cantor iniciou a carreira solo. No mesmo ano, trocou seu nome para Jupiter Maçã e lançou o psicodélico disco de estreia "A Sétima Efervescência". Algum tempo depois, o álbum foi eleito pela revista Rolling Stone como um dos 100 discos brasileiros mais importantes da história.

Mudando o nome novamente para Jupiter Apple, em 1999, ele lançou o delicado e “bossa novístico” "Plastic Soda". O disco foi premiado pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA). Os álbuns seguintes foram "Hisscivilization" (2002) e o bluesy/folky "Bitter" (2007).

Em 2008, Jupiter lançou "Uma Tarde na Fruteira", no qual estão os hits "A Marchinha Psicótica de Dr. Soup" e "Beatle George". O single de 2009 "Modern Kid" foi eleito pela revista Rolling Stone como uma das melhores canções do ano. Em 2010, foi a vez de um novo single: "Calling All Bands", um hino à cultura das bandas pop.

{fcomments}

Fonte: Correio do Povo

Ler 64 vezes Última modificação em Agosto 22 2016

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Custom Adv 2
rita_lee_resto.jpg